Villa Farnesina

Duração 2 horas.
Fones de ouvido obrigatório para grupos.
Reserve >

A visita guiada à Villa Farnesina começa no famoso bairro Trastevere na” Via della Lungara 20”.
Villa Farnesina foi encomendada pelo rico banqueiro de Siena Agostino Chigi ao celebre arquiteto Baldassarre Peruzzi em 1506 e foi concluída em 1511. Durante a visita iremos também passear pelo “viridario” um jardim antigamente banhado pelo rio Tevere.
A entrada fica na fachada traseira tendo a principal duas estruturas laterais. A peculiaridade da villa e sua decoração consiste na estreita ligação entre o jardim e a casa, come se um fosse a ideal continuação da outra.
Neste lugar Agostino Chigi, chamado de “o magnífico” vivia uma vida maravilhosa, era um rico mecenas que protegia artistas e convidava na sua mansão príncipes e cardeais amigos e realizava fartos banquetes onde eram usados talheres e pratos de ouro que depois do jantar eram jogadas no Tevere (e recuperadas mais tarde nas redes escondidas no rio).


Visita Guidata Villa Farnesina


Começaremos a visita pelo átrio, indo em seguida ao pátio chamado de Galatea, ornado por Baldassarre Peruzzi, Sebastiano del Piombo e Raffaello, onde apreciaremos cenas das Metamorfoses de Ovídio , uma grande figura de Polifemo e a figura de Galatea feita por Raffaello, continuaremos a visita pelo alpendre de Amore e Psichê ornado por Raffaello a partir de 1517 para o casamento do banqueiro com Francesca Odescalchi. A última sala que veremos no andar térreo é a “Stanza del Fregio”, destinada a ser usada como sala de espera para os convidados, ou também para importantes eventos. No friso, aludindo as virtudes do dono, têm afrescos das Doze Fadigas de Hércules, mais empresas do herói e episódios mitológicos variados.
A visita guiada vai continuando ao primeiro andar da Villa onde entraremos na Sala das Perspectivas onde no dia 25 de Agosto de 1519 o banqueiro teve seu banquete de núpcias. O nome da sala vem das paisagens e vistas urbanas feitas por Baldassarre Peruzzi que a ornou magistralmente.


Villa Farnesina a Roma


A última sala da Villa Farnesina é o quarto do casal. Esta era a mais íntima da Villa e a decoração dela foi confiada a Giovanni Antonio Bazzi chamado o “Sodoma”; ele representou no teto o casamento de Alessandro Magno com Rossane, a magnanimidade de Alessandro para com a mãe, a esposa e as filhas do rei Dario, o cavalo Bucéfalo e o acme duma batalha.
Após a morte de Agostino , a villa, já tomada pelos Lanzichenecchi durante o saque de Roma no final do século XVI, foi comprada pelo cardeal Alessandro Farnese donde vem o apelido de “Farnesina” para diferencià-la do Palácio Farnese que fica do outro lado do Tevere , num projeto de Michelangelo uma ponte deveria unir as duas propriedades dos Farnese.
Ao longo do tempo a Villa passou aos Borbone, ao Duque de Ripalta e foi finalmente adquirida pelo Estado Italiáno como Sede da Academia da Itália. Hoje é propriedade da “Accademia dei Lincei”.